Clique aqui para solicitar um orçamento!

×

Fale conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

História

NOSSA HISTÓRIAConheça a história da nossa família!

Nossa família é fruto da miscigenação entre Italianos e Poloneses. Em 1878, chegou ao Porto de Paranaguá o Navio PASCAL, trazendo imigrantes poloneses da Galícia (região de Gorlice, Malopolska e Podkarpacie ) e Prússia Ocidental (região de Starogard, atual município de Gdansk). A grafia original do sobrenome é PRZYBYCIEŃ, mas no Brasil, devido à dificuldade dos portugueses em entender os sons da língua polonesa e a falta de tradutores capacitados na época (1878), muitos sobrenomes poloneses tem erros, gerando uma infinidade de derivações. Hoje nosso sobrenome é Perbiche.

A familia Pissaia ou (Pizzaia grafia original), originária da região de Covolo-Italia, também no ano de 1878, desembarcaram no porto de Paranaguá. Naquela época o Brasil precisava de mão de obra para seu desenvolvimento, como houve fracasso com os índios, que não se adaptaram ao trabalho organizado e também a dificuldade com os africanos, o governo brasileiro apelou para o povo europeu. Povo experiente e de cultura elevada, tinha as características necessárias para desenvolver a indústria e a agricultura brasileiras. Histórias contadas pelos mais velhos, dizem que quando chegaram aos lotes destinados pelo governo, não tinham ferramentas, alimentação e muito pouco apoio do governo. Uma das dificuldades era a língua, muito diferente do português, e não havia pessoal do governo em condições de dar o apoio necessário. A dificuldade com a língua deixou muitas marcas em todos, principalmente pela variedade de registros de sobrenomes bem diferentes dos originais, face à dificuldade de comunicação e entendimento.

De acordo com os relatos dos nossos avós, as mudas de uvas vieram na bagagem junto com os imigrantes. A ideia do Caminho do Vinho começou a tomar forma no fim dos 90. Até então, boa parte dos moradores fabricava o vinho para consumo próprio e vendiam outra parte da produção na porta de casa. Com o auxílio da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais-PR, os moradores criaram uma associação (ACAVIM-ASSOCIAÇÃO CAMINHO DO VINHO – COLÔNIA MERGULHÃO) para se organizar e transformar a Colônia Mergulhão em destino turístico rural.

20

ATUALMENTE

A Família Perbiche pertencente a este roteiro turístico, tem em sua propriedade, atrações que vão além do vinho produzido pelos descendentes de italianos e poloneses.

Com a visibilidade empreendedora a família Perbiche, também precisou modernizar o processo de fabricação do vinho e se adequar aos padrões atuais de qualidade dos produtos a serem oferecidos em suas lojas. Começamos por plantar mudas de videiras. O resgate iniciou-se em 2009, com a coleta e o plantio dos galhos das poucas videiras centenárias que ainda existiam na região do Colônia Mergulhão. Após isso, hoje temos cerca de 1.200 pés de uvas já em produção.

Em 2012 fizemos novas melhorias em nossas instalações, transformando uma antiga cozinha em uma Agroindústria com auxílio da EMATER-PR. Neste espaço produzimos geleias, compotas e bolachas. Ainda na mesma época ampliamos o espaço de produção do vinho e adquirimos equipamentos que nos proporcionasse garantir a melhor qualidade na produção dos nossos vinhos. Hoje a vinícola dispõe de um processo de fabricação de vinhos totalmente manual, porém com equipamentos que possam nos dar a oportunidade de explorar todo o potencial da qualidade de nossas uvas produzidas. Com isso temos um vinho diferenciado, único, exclusivo fruto do trabalho e esforço de nossa família. Assim, os tonéis de uvas, que no passado eram amassadas com os pés e os barris de madeira cheios de vinho, se tornaram apenas objetos de decoração e memória do museu que a família tem em sua propriedade. " Hoje temos o cultivo próprio de videiras, produzimos nosso próprio vinho, somos umas das menores vinícolas da região, mas com muita história e qualidade, conta Roberto Perbiche, dono da empresa. Vinhos Dom Roberto Perbiche.

Venha saborear os mais deliciosos vinhos coloniais do mercado.

Entre em contato conosco para maiores informações.